Bem-vindo ao nosso Blog

Arcos totais edêntulos – cirurgia guiada na odontologia moderna

As restaurações dentais retidas por implantes osseointegrados estão cada vez mais populares na odontologia moderna. A prática de instalação de implantes, antigamente limitada a periodontistas e cirurgiões bucomaxilofaciais, atualmente pode ser realizada por clínicos gerais, com diferentes níveis de especialização e habilidades, para solucionar casos simples e até complexos. 

Vivemos um momento de inflexão profissional onde, por meio dos avanços tecnológicos, o clínico geral “invade” as diferentes especialidades. Este artigo de blog explora a crescente popularidade das restaurações dentais retidas por implantes osseointegrados, destacando a influência da cirurgia guiada por computador (CEIAC) nesse cenário.

Revolução na Odontologia Moderna: cirurgia guiada por computador e implantes osseointegrados

Na cirurgia estética de implante assistida por computador (CEIAC), os guias cirúrgicos são meios vitais para a transferência da posição do implante pré-operatório planejada virtualmente para a boca do paciente. 

O principal elemento que influencia o funcionamento do sistema (CEIAC) é a qualidade do desenho e produção do guia. A impressão ou fresagem de guias cirúrgicas envolve o uso de mão de obra, tempo e materiais adequados. A otimização da produção de guias, sem comprometer a qualidade, tornaria esta tecnologia útil mais eficiente e acessível a dentistas e pacientes.

Dependendo do cenário clínico, a guia cirúrgica pode ser apoiada por dentes (suportada por dentes), mucosa (suportada por mucosa) ou osso (suportada por osso), ou uma combinação. A literatura relata resultados conflitantes quanto à relação entre o tipo de suporte do guia e a precisão da posição pós-operatória do implante, em relação ao planejamento virtual pré-operatório. 

Análise crítica das influências e fatores determinantes

Uma revisão sistemática anterior (Schneider, Marquardt, Zwahlen, & Jung, 2009) relatou que a precisão cirúrgica não está necessariamente relacionada ao tipo de suporte do guia, enquanto outras publicações (Pozzi, Polizzi, & Moy, 2016; Raico Gallardo et al ., 2017; Tahmaseb, Wismeijer, Coucke, & Derksen, 2014; Van Assche et al., 2012) descobriram que as guias suportadas por dentes forneceram resultados mais precisos do que as guias suportadas por mucosa ou osso. 

Além disso, alguns relataram que dentro da categoria de guias suportadas por dentes, os cenários com lacunas de um único dente mostraram os resultados mais precisos (Pozzi et al., 2016). As guias apoiadas em ossos, por outro lado, exibiram a menor precisão.

A precisão do sistema (CEIAC) pode ser afetada por vários fatores, incluindo posição do guia, fixação, tipo de guia, método de produção, abordagem do retalho e método de inserção do implante (Bover-Ramos, Vina-Almunia, Cervera-Ballester, Penarrocha-Diago, & Garcia-Mira, 2018; Jung et al., 2009; Pozzi et al., 2016; Raico Gallardo et al., 2017; Tahmaseb et al., 2014; Van Assche et al., 2012; Zhou, Liu, Song, Kuo e Shafer, 2018). 

Estudos destacaram ainda a importância da fixação e estabilização do guia, pois foi demonstrado que a mobilidade do guia cirúrgico, durante a preparação do local de implantação, pode ser responsável por elevados valores de desvio na posição final do implante (Jung et al., 2009).

Minimizando intercorrências transoperatórias e garantindo previsibilidade com tecnologia de ponta

Durante a cirurgia, a guia é instalada sobre osso, mucosa ou dentes e as anilhas de metal podem ser utilizadas para orientar o processo de perfuração e inserção orientada do implante. Desta forma, a posição virtual do implante pode ser reproduzida e minimiza intercorrências transoperatórias. 

Apresenta inúmeras vantagens como a precisão, preservação de estruturas anatômicas, agilidade e menor tempo e número de consultas, cirurgia menos invasiva, menor edema, melhor pós-operatório e etc.

Abaixo uma sequência ilustrativa de um caso clínico de cirurgia guiada em arco edêntulo, onde a guia foi confeccionada com sistema controlado cara® Print 4.0 pro e resina dima® Print Guide. O propósito é introduzir aos profissionais uma nova tecnologia que garante previsibilidade, com a demonstração das etapas desde o planejamento até à instalação final do implante osseointegrado.

Fotos do Caso:

1
2
3
4
5
6
7
8

Figuras 1 a 8 – Guias cirúrgicas obtida por manufatura aditiva pelo sistema Sistema cara® Print 4.0 pro (Kulzer, Hanau-Alemanha) e resina dima®Print Guide (Kulzer, Hanau-Alemanha). Etapa fundamental para garantir precisão e previsibilidade no processo clínico de perfuração guiada e inserção orientada de implantes osseointegrados.

Newsletter

Inscreva-se na nossa newsletter para receber em primeira mão todas as novidades e atualizações do nosso blog.

Cadastre seu e-mail

Confirme que você gostaria de receber comunicações Informe um e-mail válido

Compartilhe